Tudo o que eu sinto é aquela vontade de ir embora
Depois de tanta chuva já deu a minha hora.
Quero me recolher, sumir com o vento, sair desse tormento,
Entregar minha alma ao céu como a escrita se faz num papel.
Me entrego ao ar, como as ondas pertencem ao mar.
Chegou o momento da minha partida, com passagem só de ida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s